Governo da Cidade de Embu das Artes

Você está aqui: Página Inicial » Notícias

Reciclagem aumentará com PEC Fátima

1602.jpg

Encontro com catadores revigora educação ambiental

No início de 2010 o governo municipal começa a construção do segundo Ponto de Entrega de Catadores (PEC) de Embu das Artes, no Jardim Nossa Senhora de Fátima, e a estimativa é que em dois meses esteja pronto. Pela localização, o novo PEC atenderá os catadores de recicláveis das regiões 3 e 4 do Orçamento Participativo, São Marcos/Pirajuçara e Fátima, respectivamente. Com uma área de 600 m² no limite com o Jardim Naiara, o PEC Fátima terá a infraestrutura necessária para ampliar a reciclagem de lixo seco na cidade.

Mas até a entrega do PEC à população, um longo trabalho já terá sido feito. A exemplo do encontro realizado com cerca de 25 catadores no dia 9/11, reuniões coordenadas pela Divisão de Educação Ambiental (DEA) iniciadas há cerca de um ano buscam mobilizar, sensibilizar e capacitar os catadores. Para isso, os profissionais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente envolveram os espaços participativos, como escolas, UBSs e entidades sociais, e a participação dos agentes de saúde no cadastramento dos catadores. Até o momento, 60 trabalhadores de ambas regiões foram cadastrados.

De acordo com a coordenadora da DEA Alexssandra Pimentel, o objetivo é que os catadores construam junto com o governo municipal a proposta de trabalho no PEC Fátima. Segundo ela, um exemplo de organização que conta com o apoio da Prefeitura é a Cooperativa de Reciclagem de Matéria-prima de Embu (Coopermape), que teve seu projeto financiado pelo governo federal, dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – Resíduos Sólidos do Ministério das Cidades. O resultado é sua Central de Triagem equipada com prensa, empilhadeira e balança  com capacidade para 2 mil kgs. “O PEC é ligado à Associação de Catadores e é o grupo de catadores quem vai decidir como será o trabalho” – disse a coordenadora.

Localizado no Parque do Lago Francisco Rizzo, o primeiro PEC da cidade foi entregue em novembro de 2005. O projeto que chegou a reunir mais de 30 catadores sofreu com a queda do preço dos recicláveis e a crise internacional. Desde o fim de 2008, ele reúne em média dez catadores. Com o PEC Fátima, a expectativa é que o importante trabalho dos catadores de recicláveis seja revitalizado.

Maria Regina Teixeira
17/12/2009

Comentários

Adicionar seu comentário »

Não dá certo !

17/12/2009 16:36| Grilo

Enquanto o trabalho das Cooperativas for tratado com romantismo, visto apenas como geração de renda, o PEC não irá funcionar como deveria. Isso deveria ser entregue para algum sucateiro organizado tocar. Eles têm visão empresarial. Enquanto na Cooperativa, apenas alguns ganham dinheiro e outros ficam a "ver navios".