Governo da Cidade de Embu das Artes

Você está aqui: Página Inicial » Secretarias » Saúde » Educação Permanente

Educação Permanente

Educação em Saúde, a Secretaria Municipal de Saúde criou um Núcleo de Educação Permanente com objetivo de promover sensibilizações e treinamentos priorizando as áreas de acordo com o diagnóstico do Plano Municipal de Saúde e V Conferência Municipal de Saúde.

Em 2005 iniciou-se o processo de Formação de Facilitadores em Educação Permanente em Saúde através do Pólo de Educação Permanente da Grande São Paulo em parceria com o Ministério da Saúde e a ENSP – Escola Nacional de Saúde Pública, sendo formados três facilitadores. Os resultados das ações ainda incipientes foram decisivos na ampliação desse processo, formando em 2006 um tutor do próprio município e mais 21 facilitadores, representando as unidades de saúde e a secretaria municipal de saúde.

A Educação Permanente tem a finalidade de promover mudanças no modelo de formação do SUS e impulsionar a integralidade da atenção à saúde, favorecendo a articulação entre a educação dos trabalhadores do setor, a capacidade resolutiva dos serviços de saúde e o desenvolvimento da educação popular, tendo como principal foco as necessidades dos usuários.

A Educação Permanente em Saúde consiste o encontros entre gestores, trabalhadores, usuários e instituições formadoras para discutir questões de saúde locorregionais, construindo um conhecimento coletivo e propondo soluções estratégicas para o enfrentamento dos problemas identificados.

Cada um destes atores já apresenta um conhecimento individual adquirido em sua formação moral e profissional, que deve ser considerado na aprendizagem de novos modos de operar as rotinas de trabalho, melhorando suas relações, seja entre a própria equipe ou com a comunidade.

Na Educação Permanente todos os integrantes das rodas de discussão têm o mesmo papel: a de ensinar e a de aprender.

Algumas definições de Educação Permanente dos integrantes das rodas de discussão já realizadas na Secretaria de Saúde com a participação dos pronto-socorros, unidades básicas e centros de saúde da família:
• Importância do trabalho multiprofissional;
• Mudar a prática;
• Questionar o saber;
• Sensibilizar os profissionais;
• Quebra de relações de poder;
• Mudança no sistema;
• A inserção do usuário;
• Se colocar no lugar do outro.

Secretário(a)

Secretaria em Ação

- O que fazemos

Conselho Municipal

Downloads

Pesquisas

Projetos e Ações

Pronto Socorro

Saúde Mental

  • CAPS Centro de Atenção Psicossocial
  • CAPS AD Centro de Atenção Psicossocial
  • Conviver Espaços de convívio e atenção de saúde mental

Unidades de Saúde